Lula se demonstra preocupado com sua baixa capacidade de mobilizar a militância esquerda no país, veja…

lula-zoi

O ex-presidente Lula tem demonstrado preocupação com sua baixa capacidade de mobilizar a militância de esquerda no país ultimamente. Nem mesmo a criação da Frente Brasil Sem Medo, concebida para garantir maior poder de mobilização no caso de uma eventual prisão de Lula, tem conseguido confortar o petista.

Diante da incapacidade de mobilizar a sociedade, o PT recorreu ao MTST (Movimento dos Trabalhadores Sem Teto) de Gulherme Boulos e a CUT, para articular um movimento nacional composto por quase 30 movimentos sociais incluindo sindicais, populares, de juventude e comunidades de base da igreja católica para dar suporte a Lula.

O problema é que, além de restrita a cidade de São Paulo, nem mesmo a Frente consegue mobilizar os militantes em favor de Lula. “Ninguém vai” garantiu um integrante do movimento. “Temos que apelar para outras pautas, como a PEC do teto dos gastos, a MP do ensino médio ou a questão da moradia, ai coloca o Lula no meio disso”.

O ex-presidente Lula se sente vulnerável e se lembra que quando Polícia Federal o “catou” durante a deflagração da 24ª fase da Operação Lava Jato em sua residência, apenas o pessoal do PT de São Bernardo foi lá dar “uma força”.

Lula teve acesso a pesquisas contratada pelo PT que mostram que desde aquele dia 4 de março, sua avaliação positiva na sociedade caiu de 27% para menos de 8% no mês de outubro. Isto significa que o poder de convocar uma grande manifestação em represália a sua eventual prisão foi dramaticamente reduzido.
lula-preo
Desde o início da Lava Jato, a força-tarefa do Ministério Público Federal afirmou em nota que Lula é “um dos principais beneficiários” de crimes cometidos no âmbito da Petrobras.

Lula foi levado para o aeroporto de Congonhas (zona sul), onde prestou depoimento à Polícia Federal.. Segundo relatos, o petista estava “tranquilo” dos momentos iniciais até a condução coercitiva, mas a partir do momento em que foi colocado no carro da PF, a situação mudou. Com os olhos cheios de lágrima, Lula tremia e perguntava a todo momento se seria solto, se os policias não estavam mentindo sobre sua prisão.

O petista só recobrou a compostura após a chegada de seus advogados e aliados políticos na sede da Polícia Federal para onde foi levado. Alguns minutos depois, após receber a garantia de seus advogados de que seria solto naquele mesmo dia, Lula passou a demonstrar certa arrogância, quando prestou depoimento ao delegado da PF.

(Via Redação)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *